Home Página Inicial > Notícias > ESTAÇÃO NOVO HAMBURGO DA TRENSURB GANHA UMA BIBLIOTECA

ESTAÇÃO NOVO HAMBURGO DA TRENSURB GANHA UMA BIBLIOTECA

26.03.2019

Já presente na plataforma de embarque da Estação Mercado, Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos teve nova unidade inaugurada pela empresa metroviária nesta terça-feira (26).

Na manhã desta terça-feira (26), a Trensurb inaugurou uma nova unidade do Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos (EMLsT). A biblioteca localizada na plataforma de embarque da Estação Mercado do metrô ganha agora uma unidade na Estação Novo Hamburgo. A cerimônia oficial de inauguração do novo espaço contou com a presença de gestores da empresa e autoridades convidadas. A programação especial de abertura da nova unidade do EMLsT teve também um cortejo literário, além de uma atividade de contação de histórias e segue durante a semana com uma intervenção clownesca, uma mediação de histórias e uma blitz literária.

Matheus Ayres, chefe de gabinete do vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim, representou o senador Luis Carlos Heinze, o deputado federal Pedro Westphalen e o deputado estadual Sérgio Turra no ato de inauguração. Em seu discurso no evento, ele declarou: “Um detalhe bem importante do trem, que precisamos ressaltar, é que o produto, o trabalho, é mobilidade, mas os seus servidores e a empresa nunca ficaram presos somente na mobilidade, souberam expandir o seu trabalho para áreas muito significativas da nossa vida, como a cultura”. Ayres destacou ainda o “mergulho” na leitura que o livro impresso proporciona, diferentemente da leitura nos aparelhos digitais, que podem trazer notificações e distrações que interrompem a atividade.

Representando a administração municipal de Novo Hamburgo, o secretário de Desenvolvimento Social do município, Roberto Bota, elogiou a iniciativa da Trensurb e afirmou que a Prefeitura está à disposição para apoiá-la. Ele também ressaltou a importância do livro impresso e do papel social da cultura. “Nós sabemos que quando um jovem ou uma criança tem um livro na mão, ele não tem outras coisas na cabeça nem na mão”, disse o secretário.

Em seu discurso, o diretor-presidente da Trensurb, David Borille, manifestou sua alegria em receber os presentes e falou também da importância da leitura. Ele fez referência ao “megulho” proporcionado pelo livro impresso, conforme mencionado anteriormente por Matheus Ayres: “À medida que pegamos um livro, podemos mergulhar dentro da história e abstraímos e vivemos aquele mundo”. Borille resgatou também pensamentos de escritores célebres para destacar a importância dos livros: “O Padre Antônio Vieira dizia que o livro é o mudo que fala, o surdo que responde, o cego que guia e é o morto que fala. Na verdade, ele mostra claramente o que o livro faz, o que ele nos permite fazer. O nosso Mario Quintana também, quando falava em livros, dizia: os livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas, mas as pessoas, só os livros as mudam. Isso é sempre atual, isso é sempre importante para relembrarmos”. O diretor-presidente agradeceu ainda o trabalho dos envolvidos na viabilização do espaço e parabenizou tanto as equipes da Trensurb como os usuários que poderão usufruir dos serviços.

Na ocasião, Waldir da Silveira, presidente do Banco de Livros, falou do trabalho da instituição, que é ligada à FIERGS e tem uma parceria com a Trensurb na realização de ações de democratização da leitura, como os projetos Historiando, Livros Livres e a própria criação da nova unidade do EMLsT. Destacou ainda o papel social da cultura e da leitura, que abrem novos horizontes e oportunidades, com o potencial até mesmo de afastar as pessoas da criminalidade. “Nós queremos que essas crianças venham aqui e comecem a ler e se libertar da violência, das drogas, conhecer novos objetivos e abrir horizontes para o mundo”, afirmou, referindo-se, em especial, às crianças que participam das ações de contação de histórias do projeto Historiando.

Euclides Reis é titular da Superintendência de Desenvolvimento Comercial da Trensurb, área da empresa que cedeu o espaço para a instalação da unidade Novo Hamburgo do EMLsT. Na cerimônia de inauguração, ele afirmou ser um orgulho ajudar a viabilizar o espaço. E declarou ainda: “O objetivo maior da Trensurb não é apenas transportar pessoas, mas prestar um serviço de qualidade e proporcionar o desenvolvimento para a região, então acho que esse é um projeto que é bastante importante pra isso, traz a cultura para a população”.

História e funcionamento

Inaugurada como Biblioteca Livros sobre Trilhos em 15 de dezembro de 2008, a unidade original do EMLsT fica na plataforma de embarque da Estação Mercado, em Porto Alegre. O espaço foi criado pela Trensurb com o intuito de facilitar o acesso à leitura por parte dos usuários do metrô, oferecendo empréstimo gratuito de livros. Ao longo dos anos, começou a receber contações de histórias, exposições fotográficas e artísticas, saraus e apresentações musicais, passando a ser mais que uma biblioteca: um espaço multicultural. Com a inauguração da unidade em Novo Hamburgo, o EMLsT amplia o alcance das ações culturais e de democratização da leitura, chegando à outra estação terminal do metrô. No espaço entre Mercado e Novo Hamburgo, o projeto Livros Livres contribui também com o acesso à leitura por meio de espaços de compartilhamento de livros disponíveis nas estações Mathias Velho, Esteio, Sapucaia e São Leopoldo, além da própria Estação Novo Hamburgo.
 
Ampliado somente por meio de doações, o acervo do Espaço Multicultural conta com 7,4 mil exemplares de diversos gêneros, dos quais cerca de 600 estarão disponíveis na nova unidade em Novo Hamburgo. Para ter acesso a esse catálogo, basta associar-se gratuitamente ao EMLsT, indo até uma das unidades e apresentando documento de identificação, CPF (que pode ser comprovado por meio da própria carteira de identidade ou outro documento oficial) e comprovante de endereço. Quem já se associou na unidade da Estação Mercado, não precisa fazer um novo cadastro para utilizar o serviço na Estação Novo Hamburgo.
 
Caso o sócio queira retirar um livro que esteja disponível somente na outra unidade, em até 48 horas esse livro poderá ser encaminhado até a unidade solicitada. Outra facilidade é a possibilidade de fazer a retirada em uma unidade e a devolução em outra. Diferentemente do que acontece na Estação Mercado, no EMLsT Novo Hamburgo, os próprios sócios terão acesso às prateleiras de livros e poderão selecionar os exemplares que desejam retirar. A unidade Novo Hamburgo também contará com um espaço para realização de atividades de contação de histórias, saraus e apresentações diversas. Assim como na unidade da Estação Mercado, o horário de funcionamento do EMLsT na Estação Novo Hamburgo, será das 10h às 18h.

Programação especial

Na manhã desta terça-feira, um cortejo literário também partiu da Estação Mercado em direção a Novo Hamburgo, com participação de voluntários da ONG Cataventus fantasiados como personagens da cultura popular. Eles interagiram com o público e também distribuíram material de divulgação dos serviços da  nova unidade do EMLsT. Ao final do cortejo, participaram do encerramento da cerimônia de inauguração em Novo Hamburgo.

À tarde, a Estação Novo Hamburgo recebeu uma atividade de contação de histórias com o poeta Jonatan Borges, contando com a participação de um grupo de alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Baptista Jaeger. “A nossa escola tem uma prática de leitura nos dois turnos. Esse tipo de atividade, como a que tivemos aqui hoje, é fundamental para que haja esse tipo de encantamento e para que eles possam viajar para outros lugares, possam se transportar para outros lugares, possam trabalhar a imaginação”, afirma a professora Adriana Medeiros. O poeta Jonatan Borges, por sua vez, declara: “É muito importante a abertura de mais uma biblioteca. Eu trabalho com poesia e como eu venho de uma região de periferia, eu sempre busquei outros caminhos, como o caminho da literatura, o caminho dos livros. Então, para mim, é uma satisfação muito grande estar aqui expondo e mostrando para as crianças que vêm de escola pública e dessas regiões mais periféricas que dá para construir um mundo mais humano e mais bonito através da leitura e da literatura”.

A programação da semana de inauguração da unidade Novo Hamburgo do EMLsT segue com as seguintes atividades, todas na Estação Novo Hamburgo do metrô:

- quarta-feira (27), 13h – intervenção clownesca com as palhaças Assuntina e Bombom, também alusiva ao Dia Mundial do Teatro e Dia Internacional do Circo;

- quinta-feira (28), 10h – mediação de história para alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Orestes João Stragliotto;

- sexta-feira (29), 15h – blitz literária com entrega de livros e material de divulgação do EMLsT.

Foto: Wellington Marques/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
12345de 482paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap_pai=96&codigo_sitemap=5305&sitemapPage=2

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000