Home Página Inicial > Notícias > NO MÊS DE ANIVERSÁRIO DA TRENSURB, SAPUCAIA DO SUL RECEBE HOMENAGEM

NO MÊS DE ANIVERSÁRIO DA TRENSURB, SAPUCAIA DO SUL RECEBE HOMENAGEM

28.02.2019

Painel de três metros quadrados na Estação Luiz Pasteur apresenta obra do artista plástico e designer Ale Maia e Pádua.

Às vésperas de completar 34 anos de operação do metrô – a inauguração da linha foi em 2 de março de 1985 –, a Trensurb apresenta ao público usuário a obra Os cavalos, do artista plástico e designer Ale Maia e Pádua. O painel de três metros quadrados foi instalado nesta quarta-feira (27), no saguão da Estação Luiz Pasteur, junto às bilheterias, onde ficará exposto de forma permanente. A peça é uma homenagem ao município de Sapucaia do Sul.
 
A escolha dessa estação aconteceu há cerca de dois anos, quando o artista percorreu o sistema metroviário. “Lembro que foi amor à primeira vista; bati o olho e sabia que ‘queria’ aquela estação”, afirma Ale Maia. Mas o que seria diferente naquele estação que inspirou o artista? “Acho que eram as árvores ao redor e a calma do lugar, era agradável estar ali”, define ele.
 
O painel tem como elemento central os cavalos, trabalho que muito revela do traço do artista. Ale Maia explica que eles simbolizam a origem da cidade, com suas fazendas; já as folhas e os figos fazem referência à Figueira Torta, símbolo do município. “Dentro dos olhos dos animais há uma silhueta do Morro do Chapéu, que é mais uma alusão à geografia da região”, relata.
 
Sobre o artista
 
Ale Maia e Pádua é natural e morador de Niterói (RJ) e graduado em design pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) de Porto Alegre. Ele já apresentou quatro exposições de arte aos usuários da Trensurb.
 
A primeira foi em 2015, no Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos, Entre Linhas e Paineis, uma série de obras em grafite e ilustrações.
 
Na sequência, em 2016, ele expôs pela primeira vez na Galeria Mario Quintana, na Estação Mercado: Onde Há Dor, Há Vida!, uma obra composta de sete ilustrações num estilo baseado em referência urbana, traços orgânicos, alto contraste e forte presença do traço negro, com uma visão otimista da dor como uma espécie de pedido de mudança.
 
Em 2017, no mesmo local, foi a vez de Viver é lutar, um trabalho que destaca o quadro RIO 1567, trazendo uma abordagem artística da Revolta dos Tamoios e da França Antártica, dois episódios históricos importantes para a formação do Rio de Janeiro e do Brasil como o conhecemos.
 
No momento, até 10 de março, ainda é possível conferir Finício, uma obra com diferentes técnicas e materiais, como acrílico e aquarela, desenvolvidas a partir de diversos conceitos e vivências, entre eles, a filosofia budista que diz que tudo se inicia a partir de um fim. Soma-se a isso a experiência vivida pelo autor numa viagem que partiu do Rio de Janeiro em direção ao “Fin del Mundo”, como é conhecida a cidade mais austral do planeta, Ushuaia.
 
Novos espaços culturais
 
Além desse novo painel na Estação Luiz Pasteur, no mês de aniversário de 34 anos de operação do metrô, a Trensurb deverá inaugurar mais duas iniciativas socioculturais: a unidade Novo Hamburgo do Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos e uma nova galeria para exposições na Estação Rodoviária, em parceria com o Sesc Porto Alegre.
 
A nova unidade da biblioteca na Estação Novo Hamburgo estende o serviço já prestado na Estação Mercado, ampliando a possibilidade de acesso à leitura pelos usuários do metrô. “A parceria com a Superintendência de Desenvolvimento Comercial, ao ceder esse espaço nobre no saguão de entrada de estação, facilitará demais a visibilidade e a promoção do local; pretendemos ter uma ampla programação cultural e fortalecer os laços com a comunidade do município”, destaca o gerente de Comunicação Integrada da Trensurb, Jânio Ayres.
 
Já a nova galeria na Estação Rodoviária é inspirada na consagrada Galeria Mario Quintana, da Estação Mercado, e as exposições serão realizadas em parceria com o Sesc Porto Alegre. Jânio afirma que “o local também é privilegiado, pois, ao descer as escadas de acesso à plataforma de embarque, os usuários já terão uma visão completa do espaço”. Para o gerente, a parceria com o Sesc é a certeza de uma programação qualificada e ainda mais visibilidade para a divulgação das exposições.
 
Foto: Wellington Marques/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap_pai=96&codigo_sitemap=5284&sitemapPage=656789de 496paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap_pai=96&codigo_sitemap=5284&sitemapPage=8

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000