Home Página Inicial > Notícias > TRENSURB E BRIGADA MILITAR REALIZAM OPERAÇÃO DE COMBATE AO COMÉRCIO IRREGULAR

TRENSURB E BRIGADA MILITAR REALIZAM OPERAÇÃO DE COMBATE AO COMÉRCIO IRREGULAR

04.06.2019

Além de ações de rotina da segurança metroviária para coibir irregularidades, Trensurb tem apoio dos órgãos de segurança para operações especiais.

A Trensurb, em conjunto com o 15º Batalhão de Polícia Militar, de Canoas, realizou nesta segunda-feira (3) uma operação especial de combate ao comércio irregular em trens e estações da empresa. Ao longo do dia, agentes da Brigada Militar e da segurança metroviária da Trensurb participaram da ação que teve como foco o trecho da linha do metrô nos municípios de Porto Alegre e Canoas.
 
Diariamente, os agentes da segurança metroviária já atuam para coibir o comércio irregular dentro dos trens. No entanto, de acordo com o chefe do Setor de Operações da empresa, Tiaraju Nahra, “nos últimos tempos, os vendedores têm se articulado para se apropriar do sistema da Trensurb, inclusive organizando quem pode vender ou não”. Esse foi um dos fatores que motivou a solicitação de apoio aos órgãos de segurança. “Estamos trabalhando junto com a Brigada Militar e com a Polícia Civil para coibir, reduzir ou até extinguir o comércio irregular”, destaca Tiaraju.
 
Para que essas ações tenham êxito, no entanto, é fundamental que os usuários do metrô não comprem mercadorias não autorizadas nos trens ou estações. Os passageiros podem denunciar o comércio irregular no metrô ligando para a Ouvidoria da empresa, nos dias úteis, das 7h às 19h, no número (51) 3363-8477, entrando em contato por meio do telefone de emergência da Trensurb, (51) 3363-8026, ou enviando SMS para (51) 98463-9863, ambos com atendimento 24 horas por dia, sete dias por semana.
 
A venda de produtos nos trens e estações sem autorização é proibida pelo regulamento do usuário do metrô, além de ser motivo de reclamações frequentes recebidas pela Trensurb. A proibição é amparada pelo Regulamento dos Transportes Ferroviários, estabelecido através do Decreto Nº 1.832/1996. O artigo 40 do decreto estabelece: “É vedada a negociação ou comercialização de produtos e serviços no interior dos trens, nas estações e instalações, exceto aqueles devidamente autorizados pela Administração Ferroviária”.
 
Na ação de segunda-feira, foram realizadas abordagens e materiais comercializados irregularmente foram aprendidos nas dependências do metrô. Os materiais apreendidos pela Trensurb são encaminhados às secretarias do comércio/desenvolvimento econômico dos municípios com os quais a empresa mantém convênio. Além da manutenção das ações de rotina para coibir o comércio irregular, novas operações especiais como a desta semana devem ser realizadas com o apoio da Brigada Militar e da Polícia Civil.
 
Foto: Wellington Marques/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
paginas_noticias_detalhes.php?amp%3Bcodigo_sitemap_pai=96&amp%3BsitemapPage=3&codigo_sitemap=5346&sitemapPage=434567de 494paginas_noticias_detalhes.php?amp%3Bcodigo_sitemap_pai=96&amp%3BsitemapPage=3&codigo_sitemap=5346&sitemapPage=6

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000