Home Página Inicial > Notícias > MEDIDAS OPERACIONAIS SERÃO IMPLANTADAS PELA TRENSURB PARA ATENDER AUMENTO DE USUÁRIOS NO SISTEMA

MEDIDAS OPERACIONAIS SERÃO IMPLANTADAS PELA TRENSURB PARA ATENDER AUMENTO DE USUÁRIOS NO SISTEMA

23.12.2010

Os estudos de demanda e a inauguração do novo trecho em julho de 2011 fazem a empresa retomar a utilização de carrosséis, que significa a partida de trens da capital com destinos diferentes. Esse sistema não exige, em nenhuma hipótese, baldeação para chegar ao destino final. O usuário deve ficar atento ao destino indicado nos trens.

Os estudos de demanda e a inauguração do novo trecho em julho de 2011 fazem a empresa retomar a utilização de carrosséis, que significa a partida de trens da capital com destinos diferentes. Esse sistema não exige, em nenhuma hipótese, baldeação para chegar ao destino final. O usuário deve ficar atento ao destino indicado nos trens na hora do embarque quando estiver em Porto Alegre. No sentido contrário, todos os trens chegam à capital.

Com a inauguração das estações Rio dos Sinos e Liberdade, prevista para julho de 2011, a Trensurb está avaliando novas medidas operacionais, buscando com isso melhor atender ao atual e os futuros usuários do sistema. A intenção é retomar um serviço de trens diferente do atual, com dois carrosséis nos horários de pico.

O carrossel é, basicamente, o percurso de ida e volta do trem. Atualmente, a Trensurb conta com carrossel único, entre as estações Mercado e São Leopoldo. O novo serviço contaria com dois carrosséis: um entre a Estação Mercado e a Estação Sapucaia, o outro entre Mercado e a futura Estação Liberdade.

De acordo com o diretor-presidente da Trensurb, Marco Arildo Cunha "não está nos planos da Trensurb realizar nenhum tipo de baldeação – o que exigiria que usuários tivessem que trocar de trem para atingirem seus destinos finais".

Esse sistema já foi utilizado em outras oportunidades, quando um trem partia da Estação Mercado até a Estação Mathias Velho e o próximo deslocava-se da Estação Mercado até a Estação Sapucaia, o que continuava ocorrendo alternadamente (um trem indo até Mathias Velho e o seguinte indo até Sapucaia) nos horários de pico. Dessa forma é possível adequar o intervalo de trens conforme a demanda, fazendo com que os trechos com maior número de usuários tenham mais veículos à disposição.

Para o usuário, a única mudança seria a necessidade de observar com atenção o indicador de destino dos trens – exclusivamente nos horários de pico da manhã e da tarde – para certificarem-se de embarcar no veículo que vai até o destino pretendido nas viagens em direção ao norte. Um trem iria até a Estação Sapucaia e o seguinte até a Estação Liberdade – e assim sucessivamente. Em direção a Porto Alegre, não seria necessária essa atenção, pois todos os trens teriam como destino final a Estação Mercado.

Caso o processo de mudança venha a ser confirmado, a operação com dois carrosséis já passaria a ocorrer, no primeiro trimestre de 2011, no trecho atual – um carrossel até a Estação Sapucaia, outro até a Estação São Leopoldo. A iniciativa visaria a adequar os equipamentos e sistemas, bem como educar o usuário, antes da inauguração das novas estações.


FIQUE POR DENTRO:

O que é o sistema carrossel?
No sistema metroviário o sistema de ida e volta do trem é tecnicamente chamado de carrossel. A Trensurb, hoje, opera com um carrossel único, entre as estações Mercado e São Leopoldo.

Como funciona a utilização de dois carrosséis?
A Trensurb já operou com o sistema de dois carrosséis: um trem partia da Estação Mercado até a Estação Mathias Velho e o próximo deslocava-se da Estação Mercado até a Estação Sapucaia.

O que muda para o usuário do metrô?
O usuário que se desloca da capital em direção a São Leopoldo deve observar o indicador de destino dos trens, por exemplo, Mathias Velho ou Sapucaia do Sul. Se o usuário estiver em São Leopoldo, ou Canoas, por exemplo, todos os trens deverão ter como destino final a Estação Mercado.

Quando a Trensurb irá utilizar esse sistema?
Os estudos estão sendo realizados para implantar no primeiro trimestre de 2011, possivelmente a partir de fevereiro.

Em que horários será utilizado o sistema de dois carrosséis?
Somente nos horários de maior demanda, os chamados horários de pico da manhã e da tarde. Nos demais horários do dia permanece o carrossel único, da Estação Mercado até a Estação São Leopoldo.

Como o usuário será beneficiado?
Com o sistema de carrosséis é possível adequar o intervalo de trens conforme a demanda, fazendo com que os trechos com maior número de usuários tenham mais veículos à disposição.

A Trensurb pretende comprar mais trens?
A empresa já encaminhou a proposta à gestão do PAC Mobilidade (Programa de Aceleração do Crescimento) para a compra de novos trens, com ar condicionado e composições com seis carros. Porém, mesmo antes da aquisição da nova frota, o sistema de dois ou mais carrosséis, já garantirá maior conforto para os usuários.

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
12345de 488paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=2654&sitemapPage=2

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000