Home Página Inicial > Notícias > BUQUEZEIROS EMBALAM O RITMO DA ESTAÇÃO SÃO LEOPOLDO

BUQUEZEIROS EMBALAM O RITMO DA ESTAÇÃO SÃO LEOPOLDO

12.12.2014

Grupo Buquezeiros Choro & Samba apresentou canções de Lupicínio Rodrigues e Dorival Caymmi nesta sexta-feira (12), às 16h.

O projeto cultural Arte nos Trilhos, promovido pela Trensurb com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, seguiu rumo ao norte e chegou à Estação São Leopoldo com o grupo Buquezeiros Choro & Samba. Com clássicos da MPB brasileira, incluindo canções de Lupicínio Rodrigues e Dorival Caymmi – que completariam 100 anos em 2014 –, os Buquezeiros embalaram o ritmo da estação. Centenas de usuários que circularam pelo local puderam acompanhar os clássicos ao som do violão sete cordas, pandeiro, tambor, clarinete e outros instrumentos característicos do samba e choro brasileiros.

O usuário do metrô Domilton Cardoso, de São Leopoldo, assistiu à apresentação e afirmou que gosta do trabalho do grupo. “Eu já vi foto deles nos jornais. Mas ouvir pessoalmente ainda não tinha ouvido. Realmente é muito bom”, disse. O músico Gilberto Machado, integrante d‘Os Remanescentes – que se apresentam nas estações da Trensurb em dezembro para celebrar o Dia do Samba – também prestigiou a apresentação dos Buquezeiros. “Esse grupo é fantástico. A música é de ótima qualidade”, destacou.

Para Darian Weber, fundador dos Buquezeiros, “o projeto Arte nos Trilhos é sensacional, pois propicia aos usuários da Trensurb um momento de muita cultura, o que torna as estações mais cheias de vida”. Sobre o convite para participar da homenagem a Lupicínio e Caymmi, Weber afirma que “são compositores inesquecíveis e suas músicas sempre agradam. Eles atravessam décadas e continuam a embalar corações”.

O filho da musa inspiradora

Em sua passagem pelas Estações Mercado, Mathias Velho, Esteio, Sapucaia e, agora, São Leopoldo, as homenagens do Arte nos Trilhos aos 100 anos de Lupi e Caymmi encontraram um personagem inusitado: trata-se do filho da primeira musa inspiradora de Lupicínio Rodrigues, Armando Batista Dias, conhecido como Armandinho.

Segundo Armandinho, sua mãe, a dona Inah, era inspiração e foi o primeiro amor de Lupi. O filho da musa inspiradora foi às apresentações e se enche de orgulho ao falar da relação de sua mãe com Lupicínio e recorda que o sentimento entre os dois serviu de inspiração para músicas como, por exemplo, “Nervos de Aço”:

“Você sabe o que é ter um amor meu senhor
Ter loucura por uma mulher
E depois encontrar esse amor meu senhor
Nos braços de um tipo qualquer”

O trecho da música refere-se, segundo Armandinho, ao momento em que Lupi viu seu pai abraçado com Inah, passeando pela rua. “Na época, o pai era pintor e essa profissão era desvalorizada, daí o termo ‘um tipo qualquer”, afirma.

Armando destaca que o grupo Buquezeiros representa muito bem a cultura do choro e samba. “Gostei muito das apresentações, ainda mais nestes 100 anos de Lupi”, diz.

Os Buquezeiros

Criado em 2010, o grupo Buquezeiros Choro & Samba realiza diversas apresentações em eventos públicos e particularesO repertório é composto por chorinhos, valsas, clássicos do samba e músicas tocadas no Brasil do final do século 19 até meados do século 20. Os Buquezeiros já se apresentaram no Arte nos Trilhos 2010, que homenageou Noel Rosa e Adoniran Barbosa. Encerraram, ainda, a edição 2011 do projeto – alusiva ao Ano Internacional dos Afrodescendentes –, com um show no Museu do Trem, em São Leopoldo.

Levando cultura à população

Com patrocínio da Caixa Econômica Federal, o Arte nos Trilhos leva cultura e entretenimento aos usuários da Trensurb anualmente desde 2008 – com edições, também, entre 2000 e 2003. Sempre em novembro e dezembro, diversos artistas apresentam-se nas estações, dando um toque diferenciado à rotina de final de ano no metrô gaúcho. Já participaram do projeto, nomes importantes da cultura gaúcha, como o cantor e compositor Bebeto Alves, o Grupo de Teatro Oigalê, a Orquestra de Flautas, Instituto Brasilidades, Gaspo "Harmônica", Família Sarará, Karine Cunha, Karen Volkmann & Federico Trindade, Urbanus In Natura, Marcus Bentto, Os Remanescentes, Instituto Brasilidades, Canta Brasil, Zamba Ben, Brilho da Lata, grupo Teatro Ideia Ação, Companhia Atmosfera, entre tantos outros.

A última apresentação do Arte nos Trilhos 2014, com os Buquezeiros, acontece no dia 19, na Estação Novo Hamburgo.

Foto: Marco Prass/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=4254&sitemapPage=212345de 489paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=4254&sitemapPage=4

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000