Home Página Inicial > Notícias > TRENSURB É A PRIMEIRA OPERADORA DE METRÔ DO BRASIL A ADERIR AO PROJETO TAMPINHA LEGAL

TRENSURB É A PRIMEIRA OPERADORA DE METRÔ DO BRASIL A ADERIR AO PROJETO TAMPINHA LEGAL

28.09.2017

Projeto socioambiental promove reciclagem de tampas de plástico e repassa renda a entidades assistenciais. Coleta será feita também nas estações do metrô.

“O plástico não tem fim. Ele demora milhões de anos para se decompor, e leva esse tempo porque ele foi feito para isso. O plástico pode virar um balde, uma cadeira... É por isso que não deve ir para a natureza, deve ser reciclado”. Simara Souza deixa clara a atenção que deve ser dada ao destino de produtos feitos de plástico. A fala da coordenadora do projeto Tampinha Legal ocorreu em uma reunião no auditório do prédio administrativo da Trensurb, na manhã desta quinta-feira (28). A empresa está aderindo ao projeto e dará início a uma campanha de recolhimento de tampas de plástico, nas próximas semanas, em todas as 23 estações - 22 do metrô e a estação do aeromóvel junto ao Aeroporto Salgado Filho. “Entendo que é uma campanha de mérito e temos máximo interesse em participar, pois entendemos que ela tem fundo educativo e social”, declara o diretor-presidente da Trensurb, David Borille.
 
O Tampinha Legal conta hoje com mais de 500 pontos de coleta em 106 cidades do Rio Grande do Sul, em um projeto que será expandido para todo o Brasil. A campanha tem caráter socioambiental. Todas as tampinhas são recolhidas, organizadas e levadas a centros de reciclagem. A renda obtida a partir da reciclagem é convertida em doações e, até agora, mais de R$ 40 mil já foram destinados a entidades assistenciais. A iniciativa surgiu em outubro de 2016, durante o Congresso Brasileiro do Plástico, evento que congrega os três sindicatos do setor plástico gaúcho. Não apenas de tampas de garrafas pets é feita a coleta, que é bem diversificada. São aceitas tampas de pasta de dente, de azeite, de óleo, de detergente, de shampoo, entre outros. Tudo que combine os fatores “tampa” e “plástico” pode ser recolhido e reciclado.
 
O evento realizado na Trensurb visou à aproximação entre os metroviários e os responsáveis pelo projeto. Estiveram presentes os supervisores de cada uma das 22 estações do metrô bem como os encarregados pelo recolhimento das tampas em cada uma delas. “Eu só tenho gratidão a vocês. A Trensurb se torna hoje o primeiro metrô do país a fazer uma campanha como essa, a fomentar o bem”, declarou Simara. A coordenadora entende que o plástico não é inimigo da natureza: “O plástico não tem pernas, não tem nadadeiras e não tem asas. Ele prejudica a natureza por não ter o destino correto”. A campanha terá início efetivo após a resolução de algumas questões técnicas quanto ao funcionamento do projeto nas estações.
 
Foto: Diego Nuñez/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
12345de 543paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=5000&sitemapPage=2

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000