Home Página Inicial > Notícias > AGOSTO LILÁS: ESTAÇÃO SÃO LEOPOLDO DA TRENSURB RECEBE AÇÃO DE COMBATE À VIOLÊNCIA DE GÊNERO

AGOSTO LILÁS: ESTAÇÃO SÃO LEOPOLDO DA TRENSURB RECEBE AÇÃO DE COMBATE À VIOLÊNCIA DE GÊNERO

10.08.2021

Realizada nesta terça-feira (10), atividade de conscientização alusiva aos 15 anos da Lei Maria da Penha foi uma iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres.

Em alusão aos 15 anos da Lei Maria da Penha, completados em 7 de agosto, a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (Sepom) de São Leopoldo realizou, nesta terça-feira (10), ação do Agosto Lilás na estação central da Trensurb no município. O Agosto Lilás é uma campanha nacional de alerta sobre a importância da prevenção e do enfrentamento à violência contra a mulher. Durante a atividade na Estação São Leopoldo, agentes do município e da Polícia Civil distribuíram material gráfico de conscientização e orientaram o público a respeito da Lei Maria da Penha, dos canais de denúncia e locais de acolhimento.
 
“Entendemos que essas campanhas diretamente para o público, tendo contato com as pessoas, elas são muito efetivas”, afirma a titular da Sepom, Margarete Ferreti. “Nós estamos iniciando hoje aqui no trem e gostamos muito, achamos que realmente foi muito positivo”, completa. Margarete também agradece a parceria da Trensurb, por ceder o espaço para a ação e de outras instituições envolvidas como a Polícia Civil e a Guarda Municipal.
 
Inspetora da Polícia Civil, Mariane Gonçalves atua na Delegacia da Mulher de São Leopoldo e participou da ação na estação do metrô. Sobre atividades como essa ela afirma: “São muito benéficas porque conseguimos nos aproximar mais da comunidade, levar informações, o nosso contato e quebrar um pouco dessa barreira que algumas pessoas têm com a Polícia Civil, com as polícias em si, e levamos pra comunidade informações e o nosso apoio pra essas mulheres”. Conforme a inspetora, “mesmo com a pandemia, o atendimento presencial não parou nas delegacias, todas as mulheres que precisaram procurar para registrar a ocorrência de violência doméstica e outros crimes puderam comparecer à Delegacia da Mulher”. A Delegacia da Mulher atende em São Leopoldo de segunda a sexta-feira das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, na Rua São Paulo, 970. Registros de ocorrências de violência contra a mulher também podem ser feitos na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), que fica na Rua João Alberto, 1856, e funciona 24 horas por dia. Segundo Mariane, o atendimento é feito de forma acolhedora, preferencialmente por mulheres e há inclusive uma sala de acolhimento específica para receber mulheres em situação de violência de gênero e seus filhos. “Nós solicitamos a medida protetiva, enviamos e, geralmente, no mesmo dia ou no outro, a mulher já está com essa medida protetiva”, afirma a policial. Pode-se buscar ajuda também por meio dos telefones 190 (Patrulha Maria da Penha) ou 180 (Central de Atendimento à Mulher).
 
A secretária-adjunta de Segurança Pública e Defesa Comunitária de São Leopoldo, Giselda Maria Matheus, também esteve presente na ação. Ela destaca as campanhas realizadas pelo município no combate à violência não só contra a mulher, mas também contra crianças e idosos. “Estamos trabalhando nessa campanha que está sendo muito benéfica, assim temos contato com a população. Como, na pandemia, aconteceram muitas violências e as pessoas acabam ficando em casa e não denunciando, parece que diminuiu a violência. Mas isso é aparentemente, então sempre é bom ter os contatos, com quem as pessoas possam estar indo, contando, ligando”. A secretária-adjunta ressalta ainda: “Qualquer tipo de violência tem que ser denunciado”.
 
Foto: Bianca Nunes/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap_pai=96&codigo_sitemap=5859&sitemapPage=212345de 533paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap_pai=96&codigo_sitemap=5859&sitemapPage=4

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000