Home Página Inicial > Notícias > 2017 NA TRENSURB: MAIS UM ANO DE CULTURA, CIDADANIA E COMPROMISSO COM A COMUNIDADE

2017 NA TRENSURB: MAIS UM ANO DE CULTURA, CIDADANIA E COMPROMISSO COM A COMUNIDADE

09.01.2018

Empresa promoveu diversas atividades culturais, sociais e de relacionamento com a comunidade ao longo do ano passado.

Buscando fortalecer sua integração e seu compromisso com as comunidades nas quais se insere, em 2017, a Trensurb mais uma vez promoveu e/ou abriu seus espaços para diversos projetos e ações sociais, culturais e de relacionamento. Saiba mais sobre os principais deles.
 
Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos
 
Criado e mantido pela Trensurb desde dezembro de 2008, o Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h e das 13h às 19h, na plataforma de embarque da Estação Mercado. Oferece serviço gratuito de empréstimo de livros, com acervo de 7,8 mil publicações de diversos gêneros para os 5,4 mil sócios, além de um espaço para exposições artísticas e fotográficas.
 
Em 2017, quatro exposições passaram pelo local, todas realizadas em parceria com o Sesc-RS: parte da programação do 5º Sesc Mulher, Algumas Mulheres do Mundo, da cartunista gaúcha Fabiane Langona, retratou, de forma bem-humorada, os clichês do “universo feminino”, buscando desconstruir os arquétipos da mulher perfeita; Usina do Trabalho do Ator: 25 Anos de Performatividade em Imagem trouxe fotografias do grupo de teatro e pesquisa, comemorando seus 25 anos de atividades, numa iniciativa apresentada pelo 12º Festival Palco Giratório Sesc/POA; parte da 5ª edição da Semana do Rock Sesc/POA, a exposição O Monstro Urbano, trouxe um recorte dos 10 anos da trajetória artística de Marcelo Pax, destacando os trabalhos que costuma espalhar de maneira lúdica pela cidade; Arte + Arte 2017: Arte e Política, Olhares Contemporâneos, apresentou reproduções de obras de 99 artistas contemporâneos selecionados em edital promovido pela Associação Chico Lisboa e Sesc Centro.
 
Além do empréstimo de livros e das exposições, o Espaço Multicultural também realizou outras atividades de incentivo à leitura ao longo do ano, como ações de bookcrossing – que consistem na prática de se deixar livros em locais públicos para que leitores possam encontrá-los, lê-los e os passarem adiante – e feiras de troca de livros – em parceria com o projeto Redes de Leitura, rede de bibliotecas comunitárias de Porto Alegre da qual o espaço passou a fazer parte no ano passado.
 
Historiando
 
Em mais uma iniciativa visando o estímulo e a democratização da leitura, a Trensurb deu início ao projeto Historiando em junho de 2017. Desenvolvido em parceria com o Sesi-RS e o Banco de Livros, o projeto promoveu contações de histórias nas estações para estudantes da rede pública e crianças atendidas por entidades assistenciais. Até o fim do ano, foram 17 ações do Historiando com a participação de 445 jovens e 15 instituições.
 
Galeria Mario Quintana
 
Em 2017, quatro exposições artísticas ou fotográficas passaram pela Galeria Mario Quintana, espaço cultural localizado no túnel que dá acesso às plataformas da Estação Mercado. Esquinas do Tempo apresentou figuras históricas que dão nome a ruas e espaços de Porto Alegre com ilustrações de Simone Correa Miranda e curadoria de Amanda Mensch Eltz e Edna Ávila, homenageando o aniversário de 245 anos da capital gaúcha. Leve a minha Cidade – Coleção Porto Alegre e Coleção Expressões daqui, do artista visual Leandro Selister, buscou chamar a atenção para as belezas da capital, com ilustrações de locais como a Usina do Gasômetro e o MARGS. Também destacou, em uma espécie de dicionário ilustrado, expressões de uso cotidiano pelos gaúchos. Viver É Lutar trouxe a pintura digital RIO 1567, do artista plástico Ale Maia e Pádua, que traz uma visão diferente da Revolta dos Tamoios, episódio histórico importante para a formação do Rio de Janeiro e do Brasil como o conhecemos. Oh, Alegrete!, do fotógrafo Marcel Estivalet, retratou as belezas da cidade e da cultura do pampa.
 
Sexta Curta Trensurb
 
A temporada 2017 do Sexta Curta Trensurb, projeto que traz curtas-metragens ao público interno da empresa às sextas-feiras, aconteceu entre março e dezembro, com um hiato em julho. Ao longo do ano, foram 46 filmes exibidos em 28 sessões, com a audiência de um total de 756 espectadores. No primeiro semestre, foram apresentados curtas de diretores gaúchos, incluindo um especial “mulheres na direção” em março e abril. Já a segunda metade do ano trouxe produções de grandes nomes de diversas gerações do humor, como Charlie Chaplin e Monty Python.
 
Campanha do Agasalho
 
Desenvolvida pela empresa desde 1994, a Campanha do Agasalho da Trensurb já arrecadou, desde então, mais de 400 toneladas de donativos. Em 2017, a empresa inovou no processo de arrecadação e distribuição por meio de parceria com o Gabinete de Políticas Sociais do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, contando com a experiência da Defesa Civil estadual. O órgão foi responsável por recolher, triar e dar destinação aos agasalhos que foram arrecadados na Estação Mercado.
 
Estação Educar
 
Destinado a jovens oriundos de famílias de baixa renda, o programa Estação Educar foi instituído em 2003 – em substituição ao antigo Oficina-Escola, realizado desde 1994 – e é desenvolvido em parceria com o Senai-RS. Os aprendizes realizam o curso de assistente administrativo no turno inverso ao da escola, tendo aulas sobre organização de escritório, informática básica, atendimento ao cliente, gestão de pessoas, entre outros. A Trensurb concede aos participantes meio salário mínimo mensal, vale-transporte, vale-refeição e assistência odontológica. No ano passado, 36 jovens formaram-se no curso.
 
Visitas à Trensurb
 
Atualmente em reformulação, com previsão de retomada neste ano, o programa Futuro Usuário é desenvolvido pela Trensurb desde 1984, contando com a participação de mais de 200 mil jovens, buscando sensibilizá-los e orientá-los para o uso correto do sistema metroviário, a fim de contribuir na formação dos futuros usuários do trem. Em 2017, duas escolas foram atendidas extraordinariamente, o que representou a visita de 80 alunos à Trensurb. Ainda por meio do programa, a Trensurb realizou mais uma vez o transporte gratuito de turmas de escolas públicas à 63ª Feira do Livro de Porto Alegre, numa parceria com a Câmara Rio-Grandense do Livro. No total, foram transportados 98 alunos de três escolas de Novo Hamburgo.
 
No ano passado, a empresa também recebeu visitas técnicas de seis grupos de cinco instituições de ensino técnico ou superior do estado, que conheceram setores da Trensurb ligados a suas áreas de formação.
 
Tampinha Legal
 
Em 2017, a Trensurb tornou-se a primeira empresa metroviária do país a aderir ao projeto Tampinha Legal. A iniciativa proporciona destinação adequada a tampas plásticas, que são recicladas, e gera renda para entidades assistenciais. O projeto socioambiental conta hoje com mais de 500 pontos de coleta em cerca de cem cidades do Rio Grande do Sul e está em vias de se expandir para todo o Brasil. Todas as estações da Trensurb receberam os coletores de tampinhas e cartazes informativos do projeto no mês de outubro.
 
Papai Noel dos Correios
 
150 cartinhas da campanha Papai Noel dos Correios foram adotadas por metroviários numa ação de Trensurb junto a seus empregados. A campanha possibilita que pessoas ou instituições adotem as cartas e atendam os pedidos de presentes de crianças das escolas da rede pública de ensino e organizações parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.
 
Intervenções no metrô
 
Ao longo de 2017, a Trensurb recebeu diversas outras atividades de cunho social ou cultural em seus trens e estações, como: apresentação alusiva ao Dia do Teatro e do Circo, em março, numa parceria com o Sesc-RS; atividades de alongamento no Dia do Desafio, promovidas pelo Sesi-RS, em maio; grafitagem e fixação de “lambe-lambes” do projeto #EspalheAmor nos pilares do metrô em São Leopoldo, no mês de junho; apresentações alusivas ao Dia do Orgulho LGBT também em junho; ainda em junho, uma exposição de materiais reaproveitáveis e composteiras na Estação Novo Hamburgo, promovida pela Cooperativa Univale; atividade de um projeto pedagógico de educação ambiental da pedagoga Ana Helena Pereira, na Estação Santo Afonso, em julho; shows de artistas gaúchos na Estação Mercado, em setembro, numa parceria com a rádio FM Cultura; distribuição de jogos didáticos para estimular o raciocínio lógico-matemático, parte da programação da Uergs para a 14ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em outubro; esquetes do grupo de teatro Luz & Cena sobre a problemática do trabalho infantil, em outubro e novembro, no trecho do metrô localizado em Novo Hamburgo, numa iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social do município; ações fraternas da associação de Serviço de Paz (Serpaz) na Estação São Leopoldo, alusivas aos 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher, em novembro e dezembro; apresentações do festival Canoas Jazz em estações canoenses do metrô, em dezembro, numa iniciativa da Secretaria da Cultura do município; o Samba no Trem, atividade alusiva ao Dia Nacional do Samba, com a participação da escola de samba Império do Sol, de São Leopoldo, e da banda Samba do Irajá, de Porto Alegre, também em dezembro.
 
Foto: Artur Colombo/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
12345de 473paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=5059&codigo_sitemap_pai=96&sitemapPage=2

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000